HISTÓRIA DA CAMA

a-cama
Conta-se que a cama é fruto de desculpa esfarrapada, para uns; para outros, um imperativo do corpo, mais do que da mente. Mas de qual tipo se fala, se há camas de solteiro e de casado ? para um só dia e para mais longas estadias ? camas chamadas de maca, cuja estrutura pode ser para hospital em tempo de paz, ou modificadas para tempos de guerra ?

De qual delas se fala ? Sabe-se que a igreja condena este apetrecho cotidiano, por julgá-lo receptor da volúpia, sicário da preguiça, antinomia e sinonímia capazes de reger o mundo de tantos, senão o de todos… sim, este arrazoado é antigo, é de antes do tempo em que nas cavernas o cocô dos morcegos forrava o imaginário dos bípedes que sobre ele estendiam palhas e couros para dormir, comer, beber, guerrear, grunhir, jogar, fornicar e jogar (jogar é antigo, tem mil tempos mais que o seu nome latino Homo ludens), mas não se sabe quando o Homem começou a e deixou de sorrir.

Da antropologia e do alfabeto se sabe algo a respeito do por quê vieram como necessidades do Homem, mas o mesmo não se pode dizer da inútil paisagem forjada pela psicologia clínica quando, por exemplo, intenta explicar o bélico em cada um e em todos os humanos, a tendência ao belo… e outras tangências e outras “histórias das infâmias universais”. *

A cama, senhoras e senhores, ainda que seja a mais coerente sensação dentre as vossas divagações e o mais protelado dos segredos, precisa que se lhe feche de vez em quando as pernas, que se lhe dê de ombros de quando em vez, como o fazemos com uma canção ou um livro que se deixa de lado por algum tempo, devido ao uso contínuo ou ao fato de não se concordar mais com ele, quando não pelo fato de algo melhor ter surgido.

A cama é espera, duna e nuvem, certeza de palpitações das duas inenarráveis algazarras que sobre nós arremetem com o seu inexorável domínio (lembro-me dos poemas Congresso dos Ventos e Colóquio dos Violentos*): as antípodas irmãs gêmeas: sexo e morte. Estuda-se até a exaustão a libido, mas é como no futebol: quem entende mesmo de futebol é só a bola. A bola. A libido não é jogo só para se beber, comer, guerrear, grunhir, fornicar e dormir, e não será na cama que terás a resposta, se é que resposta plausível

há, e se é que procuras alguma. Quando se inventará e se inventariará mesmo o Riso ? Resolverá algo o Riso ? Será vendido a quanto o Riso ?

foto e texto: DMC
*****
*: JORGE LUÍS BORGES. História Universal da Infãmia.
*: JOAQUIM CARDOZO. Poesias Completas.

*****

VISITA-ME AQUI TAMBÉM:

PALIAVANA4

AEIOUR

8 comentários em “HISTÓRIA DA CAMA

  1. fredseifert disse:

    Ótimo texto. É um assunto interessante, mas acho que qualquer comentário aqui seria desnecessário e ineficaz. Afinal, como você mesmo disse: “quem entede mesmo de futebol é a bola”.
    Tenho post novo no meu blog, se quiser dar uma visitada, fique à vontade.
    Aliás, posso colocar um link no meu blog para o seu?
    Abraço.

  2. uaíma disse:

    Caro FRED,

    grato pela visita – sempre de nível maior, sempre generoso.
    Verei, sim, a tua nova postagem.

    Darlan

  3. uaíma disse:

    Em tempo, FRED:

    fico-lhe extremamente grato por abrir um linque para o UAÍMA.

    Grato.
    Darlan

  4. kk disse:

    Gostei muito de sua resposta a uma questão que eu queria resposta ..
    Obrigada..

  5. uaíma disse:

    Bem… KK
    fico muito contente mesmo de que um modesto texto meu contribua para que uma pessoa possa ter uma melhor percepção do cotidiano, do mundo.

    Volte sempre, que a Casa é tua.

    Darlan M Cunha

  6. uka uka disse:

    tem pouca coisa deviam colocar imaguens de como era a cama antigamente. Por isso merrece um 2.

  7. uaíma disse:

    Obrigado pela visita e pela nota, UKA UKA.
    Vamos melhorar.

  8. […] fazíamos sem cama História da Cama / História da Cama […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s