Carnaval em Munique, Alemanha, 2006

Carnaval embalado pela banda SAMBA-TUQUE-BRASIL, do amigo Osmar de Oliveira, há anos levando nossa música à Europa.

*

E de repente ela começou a falar. Falava muito, falava e ria. Falava coisas desconexas, ele não entendia direito. Falava de sua vida, do cavalo Vagabundo, de rosas de cetim, de organdi, de rosas no cabelo, de festas, de bailes.. De vez em quando um ou outro nome surgia na sua fala.

Autran Dourado. Ópera dos Mortos.

*

A criatura mede o pulso.
Sabe que é impossível ficar
fora da festa, que as coisas
não se redimem por si mesmas.
Lentamente, as armas
de que dispõe o fecham
num círculo: nem breve nem longo,
nem tardio nem precoce.
Um círculo fecha
a criatura em si mesma.
*
dmc

Anúncios
Esta entrada foi postada em arte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s