Oi

OI

Na terça feira, dia 11 de outubro, após meses sem cair uma gota de água em BH e região, por volta das quatro da tarde desabou chuva forte de quinze minutos. Pois bem: bastaram quinze minutos para que ficássemos mais de quatro horas sem energia elétrica em bairros como o meu: o Buritis, o mais novo e um dos mais caros da cidade. O que dizer dos bairros mais modestos, etc. Levo em conta que a CEMIG é referência nacional no setor de energia elétrica, é mesmo, mas mesmo assim isto acontece.

Eu tinha chegado em casa, do meu compromisso, e estava com o computador e a tv ligados. Desliguei o micro, com receio dos mil raios, e fiquei assistindo o campeonato europeu, até que a luz se fosse.

No feriado, dia 12 de outubro, às duas da madrugada, liguei o micro, e não pude acessar INTERNET. Esperei dar seis horas, telefonei, mas atendimento direto só às oito da manhã. Telefonei mil – repito: mil vezes – para a OI (velox ou banda larga), durante dois dias, ninguém soube me dizer porque eu estava proibido de acessar a INTERNET, falei com mil gentes… Nem pensar em conta atrasada.Tentei de todas as formas cancelar o meu compromisso com a referida OI, querendo de qualquer jeito CANCELAR o vínculo de INTERNET. Em vão, porque não há absolutamente ninguém capaz de “bater o martelo”, e liberar o seu pc. Tudo está registrado, escrevi os mil números de “protocolos” das mil chamadas que fiz. Na quinta feira à tarde, contratei serviço de INTERNET com a NET, aproveitando para mandar mais canais de tv, por que a minha tv é NET (antigo MULTICANAL) há quatorze anos. Na sexta feira à tarde eu fui ao PROCOM (levei documentos comprobatórios: contas pagas), e registrei a devida queixa, para evitar que eu mesmo seja processado por empresa incompetente. Sem contar que gastei tempo, dinheiro e que o meu contumaz bom humor foi “pras cucuias, pressão arterial subiu” – fala o mestre. Gastei com táxi, ônibus, aluguel de Lan House (ave maria!, pra nunca mais!). Eu sem saber notícias sobre o meu novo livro que será lançado ainda este final de outubro, sobre a diagramação, etc…

Hoje, como tinha sido combinado pela NET, já de manhã aqui esteve um profissional, e recolocou tudo nos eixos. Portanto, este é um aviso, ou dica, de mais um cidadão simplesmente chateado. Simplesmente.

Agora eu mereço uma garrafa de vinho tinto seco, da serra gaúcha, de marca Country Wine.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s