encontros & despedidas

Irmandade N. S. do Rosário - Ibirité, MG, Brasil

Irmandade N. Sra. do Rosário – Ibirité, MG, Brasil

DE PESSOAS QUE UM DIA

De tantas pessoas que um dia vimos por aí, sombras posteriores, há sempre algo a dizer, alguma lembrança vem de vez em quando de pessoas com as quais, uma vez ,pra nunca mais, trocamos ideias: pasmos e risos e até alguma lágrima.

Certa vez, durante uma viagem, no meio do caminho, numa rota que eu não quis, a priori, os maus espíritos do tempo escancharam os dentes sobre os viajantes, e o melhor então foi parar e ficar onde se estivesse a salvo. Uma vez dispersos no ambiente de onde só se via olhos rubros e trêmulos, ou seja, faróis traseiros dos carros, a partir do restaurante e do pequeno anexo, em estilo lembrando cabanas de madeira, galpão gaúcho, cada pessoa ficou na sua, e então ouviu um breve “bom dia, com licença”. Lá fora, o olho da tempestade.

Nas horas passadas lá, sob o olho insistente da tempestade, entre desânimo, jornal, café, tinto seco, cervejas, pizzas e pastéis, houve uma conversa do tipo que nos faz esquecer até de pedir endereço, é fato, isso acontece. Mas me lembro dela ter falado de trapézio, de ter aludido vagamente ao amor que rói os tristes tigres, de ter intentado mão sobre os meus lábios, lábios que fazia tanto tempo que estavam mudos, tão mudos estavam que deles eu até me esquecera, ou seja, de certa forma eu estava morto, até que…

Foto e texto: Darlan M Cunha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s