refrão

Fiada de carretéis. Iberê Camargo.

Fiada de carretéis. Iberê Camargo.

       Ganhar a vida é o mais antigo refrão – parte terra, parte água -, mas se o ar exigido para se dizer tal frase monumental é pouco, é o suficiente para abrir os olhos de todos, pelo menos os olhos e os ouvidos de quem tenha ou queira ter tino sagaz. Ou nada de bom virá. Os fenícios, os persas, os nabateus, enfim, povos de fato muito antigos, com certeza tinham essa mesma percepção, pelo que o meu vizinho à esquerda diz que pouco mudou no que diz respeito a isso, à luta pela sobrevivência, ou seja, apenas são outros os métodos rumo à sobrevivência, sempre a qualquer custo, isto é instintivo. A Natureza parece dizer constantemente: Precisas de mim, escavar será a tua graça, teu dom maior e irremissível seja a inquietude. E assim o Homem se soube um tipo que exigiria mundos e fundos de si mesmo, larga e sangrenta trajetória até sentir-se domador, feitor de colheitas de intrigas, lavouras de ódio, até chegar à Era na qual ninguém parece dizer ao outro nada mais do que se dizia antes: Esse é meu, esse é teu. Por enquanto, fiquemos cada qual com esse tipo de posse.  À frente, veremos.

 

Texto: Darlan M Cunha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s