O homem sem qualidades* // O homem duplicado** // O homem, comprimido***

dsc01635

cortador de comprimidos

*

     Em todo lugar se ouve dizer que há gente para tudo, capaz de alterar uma sombra, de altercar com a luz, aniquilar o próprio horizonte, preparar petiscos em minutos, e capaz de ignorar a cegueira que os outros veem ou pensam que veem no outro, pensando saber algo sobre cegueira, surdez e mutismo psíquicos.

     É consenso geral que a pior dor é a do momento – ou terá esta ideia, esta afirmativa, vinda de mim mesmo ? Mistério sempre há de pintar por aí, diz a canção. O fato é que os dias, cada vez mais comprimidos, porque a pressa é o ícone, afastam-se sem nenhum arrependimento, alívio, seja lá que o que for, mas o dia é o cara, e por isto é preciso ir ao encontro dos que restam, com seus tropassos, solavancos e alegrias.

*

*: Robert Musil

**: José Saramago

***: Darlan M Cunha (também a foto)

****: Gilberto Gil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s