babel moderna – 2

1001_noites

1001 noites

*

     Os contrastes, as dualidades são a base da existência humana, sob e entre as quais nos vemos como tais: humanos. Dores de cabeça não nos faltam, pelas idiossincrasias de cada um, nunca tidas como satisfatórias, daí que a angústia nos pega pelos calcanhotos. E tome pressa, que a pressa é O ícone geral. Uns querem, outros não querem. Uns falam, outros, enojados, submissos, invejosos ou, pior do pior, impotentes quanto a isso e àquilo, ficam na sua, calam-se. E assim caminha a humanidade, plena de tropassos, ciente do efêmero, de sua precariedade (para morrer, basta estar vivo, diz o povo), com pressa, esquecidos do Outro, (Ó smarts !). Leiamos este diálogro descrito logo abaixo:

***

– Sou contra.

– Sou a favor.

– Vivo pagando o pato, os tubos, paga-se mico ao pagar impostos municipais, estaduais e federais, além dos dízimos para igrejas, creches, clubes, sindicatos, condomínios, consórcios, planos, etc.

– Vivo de favor. E nem me lixo para ovelhas ou currais de peixe. Bolsa de valores ? Me interessam, sim, as mãos agradecem. Viva o glúten, transformado em bode expiatório da showciedade.

– Assim é o mundo.

– Não me chamo Raimundo. Não doo sangue, não me dou com velórios, mesmo que seja um “meu alegre gurufim”, parodiando aqui o título de um livro.

– Sou contrário à exibição de mulheres.

– Sou a favor, voto Sim, mil vezes.

– E o Donald ?

– Um homem aferrado às suas convicções, dicções, ele me lembra aquelas pesadíssimas e enormes bolas de ferro para demolir construções. Onde fica mesmo a cadeia ? E o hospício ? Igreja dá jeito em alguma coisa, por exemplo, em desvio psíquico, distorção moral, ou só age mesmo é rumo a locupletar bolsos e bolsas ?

– Sou contra usarem os polos para fazerem sorvetes, notas frias, caixa dois.

– Sorvete faz bem. Aqui jaz um picolé ! (tal epitáfio nunca será escrito, ou seja, nada de desperdícios).

– Abomino vício de qualquer espécie.

– Teu vício é a negação do Outro. Igual a mim és, igual a ti, embora contrários, sou.

*

Imagem: INTERNET

Texto: Darlan M Cunha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s