reparos

apetrechos do funcionário (2)

***

     Crianças e adolescentes entendem o perigo de forma prática, diferente: ou não existe, ou está longe. Avarias e desgastes acontecem ao longo do tempo, pelo que é preciso dar jeito de reverter o quadro, ainda que pela metade, paliativos, mas reparos exigem decisão.

     Por falar em desgaste, ouvi a música dizer você diz que me dá casa e comida, boa vida, e dinheiro pra gastar,* e fiquei pensando se, por ter passado por isso, mais de uma vez, portei-me como um gigolô de subúrbio, e se me devo execrar por tal atitude repetida, da qual me livrei, se devo me esforçar no sentido de reconquistar os favores de um sono honesto, longo, sem diabinhos aperreando. De reparo em reparo, vai-se o dia.

***

foto e texto: Darlan M Cunha

*: Laranja madura. Ataulfo Alves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s