Enredo quase plausível

Alameda DARLAN M. CUNHA

O político agraciado

*

     Sonhei que estava no inferno, lá no quinto círculo satânico, ou seja, no meu lugar de quase sempre. De repente, o sonho, até então sem maiores consequências, a não ser uma palpitação um pouco mais acelerada, virou pesadelo, pelo fato de que um tipo estranho, sibilino, manhoso, libidinoso (estava no olhar), entrou no sono então já bem agitado, e lançou a proposta pela qual eu deveria candidatar-me a um cargo público, a saber, o de juiz federal, e coisa e tal. Julgar Zés e Joões, Mariatacas e Bundolinas, etc. Acordei em bicas, sob cachoeira, cansado, dormi de novo, estava morto, ou quase, porque só o fato de se ter uma perspectiva de sucesso cansa a gente, e experimentei este outro inferno, já no sexto círculo dantesco (nove círculos tem a Divina Comédia). Estou pensando. Direi.

*

Arte e Texto: Darlan M Cunha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s