trabalhar cansa, desanca

CAVALO BABÃO 1

– DÁ-LHE, GAROTO !  (E o salário, ó… !)

Para a minha amiga Cristileine Leão  //   Para todos e todas.

***

 

Carta à MÃE, nº 103

 

Querida MÃE,

devo dizer-lhe em primeiríssima mão que, após longo e tenebroso inverno, após um verão seco de esperanças, um outono mais mixuruco do que mamucha de laranja, e uma primavera mais falsa do que certas notas de cinquenta e de cem, consegui uma ocupação, pelo que doravante a polícia talvez me olhe com outros olhos [não sei até quando, porque a patroa é toda cheia de noves-fora, de meia-hora, toda chiliques, e até me manda buscar uma certa mercadoria, para logo depois mandar trocá-la por outra qualquer do mesmo preço, e se sobrar uma pratinha de dez centavos eis que a devolução será cobrada, mas nem precisa, pois aprendemos a desonestidade para melhor combatê-la com a insuperável honestidade do nosso pobre mas honrado clã. Tenho dito.

Mãe,

o apertameno é miúdo, mais ou menos bem arrumado, tenho ideias de mudar uns móveis de lugar, aproveitando o espaço, sim, sou decorador, tenho noção afinada de tempo e espaço, porém, a patroa talvez não ache graça nenhuma caso eu vire a cama dela ao contrário, ou seja, onde hoje os pés, amanhã os ombros e a cabeça e sabe lá deus o que mais. Venho dia sim, dia não, menos aos domingos, durante os quais, nada tendo para fazer, nem o que gastar (dá para uns dois ou três aperitivos vagabundos e algum tira-gosto mais que duvidoso), vou ao parque municipal ver as moças, e ouvir Domingo no Parque, do Gilberto Gil. Amanhã, vai ser o mesmo dia de faxina, ó [a]ventura inenarrável.

Mãinha,

o salárido que a distinta Madame me paga é lá do século vinte, mas estou mesmo necessitado, sem ânimo para ir de encontro aos dias e noites que se me apresentam, tudo é caro, e ainda hoje mesmo ouvi vizinhos numa zanga danada porque o metrô subiu de repente, na calada da noite, de R$ 1,80 para R$ 3,40, sim, acredite, o povão enlouqueceu de vez, mas como são todos uns maricas, marias-vão-com-as-outras, medrosos brasileiros, fica por isso mesmo, o fogo arde só uns dois ou três dias. Vi este filme N vezes.

Querida Dona MARIA,

ao receber o meu primeiro salário comprarei o melhor protetor de colchão para a senhora, não se preocupe, não se chateie mais por este ningres-ningres cotidiano. Bom, deixe-me voltar ao batente, porque atrás vem gente.

 

Saudades, MÃINHA. Um beijo do seu filho meio desmiolado, mas bom garoto.

DARLAN

_____________________________________________________________________________________________

DOMINGO NO PARQUE. GILBERTO GIL: https://www.youtube.com/results?search_query=gilberto+gil+domingo+no+parque+original+

5 comentários sobre “trabalhar cansa, desanca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s