o(s) preço(s) de viver

Vamos viver de brisa, Anarina. (Manuel Bandeira, poema BRISA)

@1. A Primeira Conta do Ano

A primeira conta do ano chegou: Que alegria! significa que ainda estou vivo, apto a contribuir, vivo, embora um tanto quanto desgastado pelas areias movediças, rasteiras, erros burocráticos, insônia, cachorro vizinho latindo madrugada afora, dezessete graúdas frustrações contabilizadas ou arquivadas no fatídico ano que passou, não me livrei do medo da morte, nem do pavor constante de estar vivo, porque é susto um atrás do outro, metrô lotado, que não veio, café frio e com meio quilo de açúcar num boteco tenebroso, e por aí vai o dia, o pão nosso de nem sempre. A primeira conta deste ano, em débito automático, garante (será ?) que se o barraco pegar fogo, ou for pego pelas águas, e outras possibilidades, serei ressarcido, bela palavra é res-sar-ci-do, dos prejuízos materiais e coisas e tais (será mesmo de verdade de fato sem dúvida ?). Bom, o Banco diz. Eis o montante (estranha palavra: mon-tan-te) do primeiro estrago-rombo do feliz ano de 2021 (se deus e o diabo e nós deixarmos que ele seja feliz), o seguro-residência, mensal (uma ótima causa, pois o azar não dorme): – R$52,10

@2. Três Tristes Tigres *

Um dia, estava eu em Santa Luzia, talvez estivesse cantando San Vicente* ruas afora daquela antiga cidade de Minas, a poucos quilômetros de BH, e me lembro agora de ter visto o que nunca antes vira: um humilde casal de mulinhas namoriscando ao lado da praça, na rua 12 de outubro, em Santa Luzia, comportados, como é de praxe entre os burros as éguas os cavalos os jegues as capivaras os jumentos os bodes as ovelhas mineiras, em geral; enfim, toda a Animália, e me admirei de nunca ter percebido nos humanos tais delicadezas. Aquele dia foi decisivo para a minha compreensão de tão matratado assunto que é o amor que rói os tigres, uma ideia inserta, ou seja, inserida, por exemplo, no romance Três Tristes Tigres (1968 ?), do cubano Cabrera Infante.

Darlan M Cunha

2 respostas para “o(s) preço(s) de viver”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s