Icone-communication (The sounds of the silence)

Icone-communication

Silêncio é pão e água

*****

 

     Silensidão pode significar o que pensas que tal palavra seja, pode não ser, às vezes, até eu, que inventei e publiquei em livro a junção dessas duas palavras fui ao fundo dela. Silensidão é a mistura de silêncio e imensidão, talvez também de receio e meditação. Mas onde pousar para em silêncio ficar ? Nem no Nepal nem no Butão nem no Tibete, e muito menos numa toca de tatu ou de urutu, já cercadas por minhocas de ferro e aço.

*****

Foto e texto: DARLAN M CUNHA

AQUI-Ó: https://www.flickr.com/photos/aqui-o/

POEM HUNTER: https://www.poemhunter.com/darlan-m-cunha/

ESCRITAS: https://www.escritas.org/pt/ver/perfil/darlandematoscunha

Anúncios

braço

DSC02548 (1)

monstro à porta de casa

***

 

     Todos precisamos de manutenção, e ela virá nalguma altura da existência, isso é bem normal, e nada pode escapar, ninguém se livrará disso, que até mesmo a carne deste caminhão necessitará de médicos especialistas. Nós, sob tanto sol, tanta ira e apreensão, enfim, as coronárias sofrem, os rins sofrem com tanta bebida, o fígado grita horrores, a cefaleia é quase uma constante, taquicardia, pressão arterial a 160/120, alguma dívida, o time de futebol de preferência sempre “nas últimas”, a vovó adoentada, o dente latindo, o trânsito nosso de cada dia – este maravilhoso feitor de surdos, e assim por diante. Tudo precisa de uma geral, de vez em vez, mas é por isso mesmo que se sabe que se está vivo. Viva a vida.

***

 

Texto e foto: DARLAN M CUNHA

cotidiano 2

DSC02049

***

images

pre.univesp.br

 

 

 

 

***

       O verbo murar está na moda, muito embora sempre tenha deixado suas pegadas na história, como os fossos e as pontes levadiças dos castelos medievais, a suicidade de três risíveis donos, a muralha da China, a muralha de Trajano e muitas outras barreiras ainda mais antigas, bem como as fortalezas japonesas da era dos samurais, nas quais, mesmo se o inimigo conseguisse entrar, após ene peripécias, dificilmente sairiam vivos dos labirintos e seus truques contra invasores. No tempo do homem das cavernas, é de se pensar que os morcegos tenham sido treinados para cuidar do sono dos inquilinos do momento, abrindo seu sonar ainda primitivo, gritando feito malucos, caso alguma tribo tentasse invadir a toca de seus amos, e assim por diante (depois o som dos morcegos tornar-se-ia inaudível a nós). Sabemos que os muros sempre tiveram simpatizantes, por esta ou por aquela razão. Pensando nisso, cada qual constrói para si e, muitas vezes, contra si, verdadeiros baluartes, dos quais nunca mais escapam. Beco sem saída é coisa de gente, é um ovo muito antigo. Ah: os castores, entre outros prevenidos, constroem fortalezas ou barragens, modificando rios, pelo que não estamos sozinhos no afã de construir muralhas muros paredes grades cercas redes labirintos becos abismos e túneis de fuga. Muro, no melhor dicionário de um idioma inexistente, significa ilusão de segurança. Tanto é que todos os dias muitos veem cair o grande muro que os separa da demência total: o emprego. E agora, José ? Há muitas obras sobre tal assunto, mas essa crônica me basta. Entre les Murs. Border Walls. Murs, voyage le long des barricades. Os Muros que nos Dividem. The Wall. Wall Street. Father and Son... De uma forma ou de outra, todo conceito tem germe mural.

*****

Foto e texto: Darlan M Cunha

Duas imagens trazidas da INTERNET:  mundo geografia  //  pre.univesp.br

ODEIO RIR (nem há motivos, mas de vez quando surge um lava-almas. Leia:

São Paulo Você está em:

quem tem net precisa estalar tv digital

FAQs Relacionadas

Basta entrar em contato com a Central de Relacionamento NET e contratar a NET Digital/ NET HD. O equipamento é cedido em regime de comodato para o ponto principal e o custo de adesão, e…
***

     Hoje, por volta das dez da manhã, eu bebia caipivodka, quando li essa beleza aí acima, da minha querida NET, e não houve como não rir, abrir-me feito mala velha. Logo, para esclarecer ou para anuviar ainda mais tal questão, minha resposta à pergunta “Quem tem NET precisa estalar tv digital ?” é: “Sim, compre um martelo, massacre o aparelho, sem dó, ao estilo dos guerreiros do velho GÊNGIS-CÃO, ou ao modo dos soldados espanhóis contra os Astecas, enfim, ao estilo de tantos chefes glorificados através dos tempos.

     Agora, quando você for instalar, proceda de OUTRA maneira !

Darlan M Cunha

(Começando os preparativos para o almoço dominical, cuidando dos pescoços de peru, já sob pressão, bem condimentados, com caldo, batatas, etc)

Prove you’re not a robot

DSC01737

***

     Eu estava relendo o livro Um Inimigo do Povo, do norueguês Henrik Ibsen, escrito em 1882, quando o telefone tocou, mas nenhuma voz, nada, só mesmo algo de algum fdp me incomodando de novo. Voltei às páginas, mas logo parei para escrever um texto próprio sobre o qual eu pensara enquanto coava café, no fim da madrugada, e aí eu comecei a rir de tanta confusão, de tanto medo de invasão que a internet dá. E então lembrei-me da frase do título desta postagem. Quando o pc me diz para provar que não sou um robô, eu digo com muito orgulho que sou um robô cuja placa pregada na bunda e no peito tem os seguintes caracteres: #MuLa SeM CaBeÇa >>>%<<<740195D

*

Foto e crônica: Darlan M Cunha